A magnífica Jiboia

A jiboia-constritora ou simplesmente jiboia é uma serpente que pode chegar a um tamanho adulto de 2 metros a 4 metros, raramente chegando a este tamanho máximo.

 https://curiosidadeanimal.bioorbis.org/2019/06/jiboia-boa-constrictor.html
Uma bela jiboia (Boa constrictor). Pixabay/Domínio Público.


Nome cientifico: Boa constrictor
Nome comum: jiboia
Tamanho: 4 m
Habitat: clareiras de florestas tropicais, cerrados, terras agrícolas, próximo a povoados.
Distribuição: América do Sul e Central, ilhas no oeste da Índia.
Alimentação: mamíferos e aves.
Reprodução: vivípara, até 50 filhotes por ninhada.




Morfologia


Uma espécie de boa grande com sinais variados. É cinza ou beje com sinais marrom-escuros no dorso. Não tem fosseta loreal. É basicamente um animal com hábitos noturnos (o que é verificável por possuir olhos com pupila vertical), ainda que também tenha atividade diurna.


Reprodução


É considerado um animal vivíparo porque, no final da gestação, o embrião recebe os nutrientes necessários do sangue da mãe.





Alimentação


Essas serpentes detectam as presas pela percepção do movimento e do calor e as surpreende em silêncio. Alimenta-se de pequenos mamíferos (principalmente ratos), aves e lagartos que mata por constrição, envolvendo o corpo da presa e sufocando-a.




Outras espécies


No Brasil, existem duas subespécies: a Boa constrictor constrictor (Forcart, 1960) e a Boa constrictor amarali (Stull, 1932). A primeira é amarelada, de hábitos mais pacíficos e própria da região amazônica e do nordeste. A segunda, jiboia-amarali, pode ser encontrada mais ao sul e sudeste do país, sendo encontrada algumas vezes em regiões mais centrais do país.



Para finalizar veja um vídeo do nosso canal BioOrbis, sobre 🐍 O que FAZER e o que NÃO FAZER se eu for picado por uma COBRA?:


Comentários