A diferente serpente boa-borracha

Está uma cobra um pouco diferente das que você já viu. Da mesma família da sucuri ela é conhecida como a boa-borracha.

 https://curiosidadeanimal.bioorbis.org/2019/07/diferente-serpente-boa-borracha.html
A diferente serpente boa-borracha (Charina bottae). Fonte da imagem: deviantart.com. Foto por: michael-ray.


Nome científico: Charina bottae
Tamanho médio: 80 cm
Habitat: Cerrados, pastagens, pinheirais, sob casca de árvores.
Distribuição: América do Norte.
Alimentação: outras cobras, aves, pequenos roedores e salamandras.
Reprodução: vivípara, 2 a 8 filhotes por ninhada.

Ela tem uma coloração marrom ou oliva uniforme, cilíndrica com escamas pequenas e brilhantes e olhos pequenos. A cauda é curta e grossa e muitas vezes erguida do chão para desviar ataques de sua cabeça.
Henri Marie Ducrotay de Blainville descreveu a esta espécie em 1835. O nome do gênero Charina é do grego antigo "gracioso" ou "delicioso", e o nome específico bottae homenageia o Dr. Paolo E. Botta , cirurgião de um navio italiano, explorador e naturalista.
As características do comportamento dessa boa-borracha também os diferenciam de outras cobras. Elas são consideradas uma das mais dóceis das espécies de boas e são frequentemente usadas para ajudar as pessoas a superar o medo de cobras.
Elas são principalmente noturnas e provavelmente crepusculares (ativas durante o amanhecer e o anoitecer), o que parcialmente contribui para o quão raramente essas boa-borracha são encontrados. Por causa das regiões temperadas que habitam as boas-borracha hibernam durante os meses de inverno em tocas subterrâneas.

Para finalizar veja um vídeo do nosso canal BioOrbis, sobre 🐍 O que FAZER e o que NÃO FAZER se eu for picado por uma COBRA?:


Comentários