Os insetos fedorentos: os percevejos

Os percevejos tem uma má fama de soltarem um cheiro desagradável quando ameaçados, mas nem todos tem esta habilidade.

A ORDEM DOS HEMIPTERA


Os percevejos pertencem a Ordem dos Hemiptera. Hemiptera ( /hɛˈmɪptərə/, hemípteros, do grego hemi= metade; pteron= asa) é a maior e mais diversa ordem de paraneoptera (superodem dos insetos), que inclui aproximadamente 119 mil espécies em todo mundo, dentre estas estão: as cigarras, percevejos, pulgões e cochonilhas.



São insetos hemimetábolos, ou seja, que apresentam ninfas muito semelhantes aos insetos adultos e que não passam por metamorfose completa. Variam de 0,5 mm a 15 cm de comprimento, a coloração é geralmente uniforme. Caracterizam-se pelo aparelho bucal em forma de um rostro, constituído pelo lábio articulado onde se alojam as demais peças bucais sugadoras.

A diversidade de nichos que ocupam é muito grande, podem ocupar ambientes terrestres, aquáticos ou semiaquáticos, os hemipteras ainda apresentam uma variedade de hábitos alimentares sendo: fitófagos (alimentam-se de plantas), usando suas peças bucais em forma de agulha pra perfurar, sugar e extrair a seiva dos vegetais, ou alguns são parasitas de outros animais e utilizam o mesmo sistema de peças bucais para sugarem sangue por exemplo, enquanto outros ainda são predadores e se alimentam de outros insetos, pequenos invertebrados, ou até pequenos peixes, como é no caso das baratas d'água.



É um grupo que pode apresentar bastante complexidade no seu ciclo de vida, tomando os pulgões por exemplo, é possível encontrar etapas partenogênicas, que promovem uma grande multiplicação dos indivíduos. Esse fator somado às altas capacidades locomotoras, permite que a dispersão desses insetos seja bastante eficiente, o que levanta especial preocupação para agricultura, devido a diversas famílias de hemipteras que são parasitas de plantas de interesse econômico.

OS PERCEVEJOS


Agora vamos apresentar alguns desses insetos:

Percevejo-de-escudo (Acanthosoma haemorrhoidale)


Percevejo-de-escudo (Acanthosoma haemorrhoidale). Fonte da imagem: Wikipedia.

Este inseto tem uma forma triangular e uma carapaça verde característica dos percevejos. A forma triangular vermelha é formada pelas asas anteriores e a parte posterior do primeiro segmento do tórax. Habita florestas decíduas.



Percevejo vermelho (Eurydema dominulus)


Percevejo vermelho (Eurydema dominulus). Image by Marc Pascual from Pixabay

Com um aspecto muito semelhante ao da joaninha, com sua cor laranja ou vermelha, esta espécie tem manchas escuras pretas ou verde metálico. Apresenta asas membranosas. Os padrões variam. É uma praga comum da família do repolho. Habita terrenos abandonados ou cultivados.



Percevejo listrado (Graphosoma italicum)


Percevejo listrado (Graphosoma italicum). Image by Nature-Pix from Pixabay

Este percevejo listrado tem cores arrojadas para advertir os pássaros de que possui um gasto horrível. Poucos predadores tentam comê-lo uma segunda vez. É encontrado muitas vezes alimentando-se de legumes da família da cenoura. A parte superior da couraça é fosca. Para se defender, pode expelir um líquido repulsivo de suas glândulas torácicas. Habita margens de estradas, terrenos irregulares.



Percevejo maria-fedida (Nezara viridula)


Percevejo maria-fedida (Nezara viridula). Image by Fablegros from Pixabay

Os adultos são de cor verde-folha, com uma membrana clara na ponta das asas. O tórax tem uma linha formada por pontos brancos, que variam de três a cinco. A cabeça pode ser marrom-clara junto com a frente do tórax. As ninfas, podem ser vistas muitas vezes em grande quantidade nas lavouras de batata e ervilha. Habitam jardins e áreas com muitas hortaliças. Esse é o clássico percevejo fedorento.



Percevejo-do-fogo (Pyrrhocoris apterus)


Percevejo-do-fogo (Pyrrhocoris apterus). Image by Jo Re from Pixabay

Aprecia ficar ao sol e reproduz-se em grandes quantidades. Muitas vezes pode ser encontrado em grandes enxames, no solo, no início da primavera. Suas asas anteriores geralmente são curas, a cabeça é toda preta e há uma mancha redonda em cada asas anterior. Alimenta-se de sementes e de outros insetos. Habita matas e áreas com muitas hortaliças.



Percevejo preto-e-vermelho (Lygaeus equestris)


Percevejo preto-e-vermelho (Lygaeus equestris). Fonte da imagem: Wikipedia

Esta espécie pode ser identificada pela cabeça vermelha e pelas manchas brancas na ponta membranosa da asa. Alimenta-se de plantas herbáceas, de flores e de sementes e frutas em desenvolvimento, e é conhecida por danificar as plantações de couve-flor. Habita lugares quentes e secos, em meio à vegetação rústica.



Percevejo assassino vermelho (Rhynocoris iracundus)


Percevejo assassino vermelho (Rhynocoris iracundus) .Image by Hans Braxmeier from Pixabay

O padrão vermelho e preto é variável. Esses percevejos tem uma cabeça estreita com bordas laterais voltadas para cima no abdome. Alimenta-se de uma grande variedade de insetos, inclusive de abelhas. Com um bico curvo poderoso, perfura suas presas para sugá-las. Pode perfurar dedos, se for manipulado sem cuidado. Habita vegetações altas, como arbustos, em locais quentes e ensolarados.



Percevejo alfaiate (Gerris lacustris)


Percevejo alfaiate (Gerris lacustris). Image by Marc Pascual from Pixabay

Estes percevejos podem ter asas completas, mas a maioria apresenta asas curtas ou nenhuma. Ele utiliza a tensão superficial, distribuindo seu peso, de modo a deslizar sobre águas calmas ou que se movem lentamente, procurando presas. As patas anteriores são usadas para apanhar outros insetos na superfície da água. Habita lagos, valas e águas calmas.



E para finalizar veja um vídeo do nosso canal BioOrbis, sobre 🐜 Insetos como indicadores ambientais:


Comentários