O gavião-asa-de-telha

O gavião-asa-de-telha, também, é uma ave pertencente à família Accipitridae.

 https://curiosidadeanimal.bioorbis.org/2019/11/gaviao-asa-de-telha.html
Gavião-asa-de-telha (Parabuteo unicinctus). Imagem de WikimediaImages por Pixabay


Nome cientifico: Parabuteo unicinctus
Família: Accipitridae
Plumagem: Adulto - corpo marrom com pontas castanhas, manchas na espádua e nas coxas; cauda branca com faia preta.
Área: Texas, Novo México, Arizona, Bolívia, Brasil, Argentina e Uruguai
Alimento: Coelhos, lebres, aves, répteis
Ninho: base de gravetos e parte baixa da árvore, forrada de folhas verdes

Ovos: 2 a 3 com coloração branca.

É semelhante a uma águia e caça em bandos de até seis indivíduos, o que lhes permite capturar coelhos, que são rápidos para serem caçados por uma só ave. Também divide a caça.




Seu nome científico significa: do (grego) para = próximo, parecido, semelhante; e buteo = referente ao gênero Buteo, urubu; e do (latim) uni = um, único; e cinctus, cingere = faixa, cinta. ⇒ (Ave) próximo do gênero Buteo com faixa ou (ave) parecida com urubu com faixa.

Reprodução


Esse gaviões botam de dois a quatro ovos (em média três), cuja incubação dura 33 a 36 dias. As crias são totalmente dependentes dos pais durante os primeiros tempos de vida, igualmente nas outras aves de rapina. Os juvenis abandonam o ninho com cerca de 40 dias, mas permanecem próximo deste durante três a quatro meses.

Hábitos e Habitat


Habita regiões campestres, sendo comum em áreas de várzeas, manguezais, pastagens, campos de cultivo e campos nativos como o cerrado e a caatinga,e está cada vez mais comum em áreas urbanas como do Rio de Janeiro, São Paulo e Santos, desde que encontre nesses locais presas suficientes para manter a espécie.




Uma característica notável é que esta espécie costuma caçar em bandos de até seis indivíduos, o que lhes permite capturar coelhos, que são rápidos coisa. Essa características é  pouco comum entre as aves de rapina caçadoras, já que a maioria é antissocial. É bastante inteligente, caçando cooperativamente.

Para finalizar veja um vídeo do nosso canal BioOrbis, sobre 🐦 As AVES do Museu de História Natural da UFMG - Parte #3:

 https://www.youtube.com/channel/UCdjF1j_jYXGznBq955YWDoQ

Comentários