A serpente boa rubra da Califónia

A boa rosada ou boa rubra (Lichanura trivirgata) é uma espécie de cobra da família Boidae.

 https://curiosidadeanimal.bioorbis.org/2019/11/serpente-boa-rubra-da-califonia.html
Boa rubra (Lichanura trivirgata). Fonte da imagem: Wikipedia


Nome científico: Lichanura trivirgata
Tamanho: 1m
Habitat: leitos de lava, áreas rochosas
Distribuição: México
Alimentação: aves e mamíferos pequenos

Reprodução: Vivíparas, ninhadas de 3 a 8 filhotes.

É nativa do sudoeste americano e Baja California e Sonora no México. A jiboia rosada é uma das únicas duas espécies da família jiboia nativa dos Estados Unidos, a outra é a jiboia de borracha (Charina bottae).




Essa bela serpente tem um corpo pesado, cabeça estreita e cauda grossa. Tem listras laranja ou marrom-alaranjadas bem definidas que correm pelo corpo. Os olhos também são laranja. Elas não possuem fosseta loreal.

Comportamento


Essas serpentes passam a maior parte de sua vida escondida sob as rochas e nas fendas para escapar do clima e predadores. Os afloramentos de granito são a associação geológica mais comum habitada por elas. Podem ser encontradas também, mas com menos frequentemente, em associação com tipos de rochas vulcânicas. Somente em lugares raros a boa rubra habita ambientes sem rochas. Em áreas com poucas pedras, elas usam tocas de roedores para ocultar.




Na temporada de atividades essas serpentes seguem os padrões climáticos locais; no entanto, geralmente ficam inativas durante o inverno e ativas durante a primavera, verão e outono. Como todas as cobras, depende da temperatura para promover suas funções corporais, como digestão e gestação. Durante a maior parte de sua faixa, o inverno é muito frio para essas funções e elas entram em um estado de hibernação chamado de brumação.




A primavera é época de reprodução, resultando em sua maior taxa de atividade. A maioria dos espécimes da boa rubra é encontrada na primavera, quando deixam a segurança de suas tocas e fendas para procurar parceiros. Outra razão pela qual a elas podem estar ativa na superfície do solo é para encontrar presas ou novos territórios.

Para finalizar veja um vídeo do nosso canal BioOrbis, sobre Devagar e sempre: Como as COBRAS se locomovem? 🐍:

 https://www.youtube.com/channel/UCdjF1j_jYXGznBq955YWDoQ

Comentários