Canários cantores e encantadores

Quem não gosta de ouvir em bom e alto som um belo canário a cantar? Vamos coneher um pouco dos belos canários do gênero Serinus.


A história dos canários


O canário-amarelo (Serinus canaria), da ordem dos passeriformes, família dos Fringilídeos, perdeu a liberdade desde o século XVI. Italianos que o ouviram cantar nas matas das ilhas Canárias, Madeira e Açores, de onde o pássaro é originário, ficaram tão encantados, que levaram alguns deles para sua terra. Logo o canário domesticado se tornou a mais comum das aves de gaiola. Enquanto o exemplar selvagem tem as penas verdes, com matrizes cinzentos e amarelados na cabeça e no dorso, o canário doméstico tem a plumagem geralmente amarela, com cambiantes de alaranjado ou esbranquiçado (Figura 3), também podendo ter a cor canela.


Para saber a história completa dos canários, acesse essa nossa outra postagem:

https://www.bioorbis.org/2018/05/aves-canario-belga-canto.html


Os pássaros do gênero Serinus 


Serinus é um gênero de aves da família Fringillidae, incluindo espécies como o canário, chamariz, verdilhão-serrano e outros. Alguns integrantes do gênero são originários dos Açores, Ilha da Madeira e também das Ilhas Canárias.


O canário-do-reino é um dos pássaros mais conhecidos entre todos os pertencentes ao gênero Serinus. Alguns são inteiros amarelos, mas também podem ocorrer variações na sua coloração, como: sua tonalidade amarela pode ter uma variação entre o branco (deixando assim a pena branca ou um tom bem fosco de amarelo) ou entre o laranja (a pena pode ficar até em um tom mínimo de laranja, o que é um pouco raro. Mas o comum dessa tonalidade forte das penas, é de ficar amarelo-forte, quase chegando a ser laranja).


Espécies de canários


Agora vamos a algumas espécies desses belos cantores:


Canário doméstico (Serinus canaria)


Imagem de natalielira por Pixabay

Estes pássaros apresentam várias formas que forma desenvolvidas a partir do tipo de corpo, cor ou capacidade de cantar. Há três variedades de cor: amarelo, branca e canela, cada uma apresentado diferenes texturas de penas.


Tamanho: 20cm

Distribuição: Não existem na natureza.

Alimentação: sementes e verduras.


Leia também:


Canário-de-Moçambique (Serinus mozambicus)


Photo by Greg Hume

Partes superiores cinza-esverdeadas, uropígio amarelo, sobrancelhas, garganta e mento amarelo.


Tamanho: 12 cm

Distribuição: África, ao sul do Saara.

Habitat: jardins, parques, matas.

Alimentação: sementes e insetos.


✅ Canal no Youtube | Inscreva-se AGORA ✅

https://www.youtube.com/channel/UCdjF1j_jYXGznBq955YWDoQ?sub_confirmation=1


Chamariz (Serinus serinus)


Foto: Luis García


É comum em toda a Europa, encontrado em parques, jardins e matas de coníferas. Plumagem malhada de castanho escuro e amarelo. No verão, o amarelo intensifica-se, e a cabeça fica quase completamente amarela. O juvenil não possui amarelo, apenas riscas de castanho e branco. Mede cerca de 11 a 12 cm de comprimento, e pesa de 8,5 a 14g. O bico é curto e de cor clara, a cabeça é grande, o dorso, o manto e os flancos são listrados de escuro; o uropígio é amarelo vivo no macho e amarelo-esverdeado na fêmea; no macho a testa, os lados do pescoço, e o peito são amarelo-limão enquanto na fêmea são branco-amarelados.


Leia também:


Canário-de-cabeça-preta (Serinus nigriceps)


Brian Butcher - Obra do próprio


Canário-de-cabeça-preta (Serinus nigriceps) é uma espécie de ave da família Fringillidae. Apenas pode ser encontrada na Etiópia. Os seus habitats naturais são: campos de altitude subtropicais ou tropicais.


Canário-verde-africano (Serinus koliensis)


Foto: Francesco Veronesi from Italy


Canário-verde-africano (Serinus koliensis) é uma espécie de ave da família Fringillidae. Pode ser encontrada nos seguintes países: Burundi, República Democrática do Congo, Quénia, Ruanda, Tanzânia e Uganda. Os seus habitats naturais são: matagal húmido tropical ou subtropical.


Leia também:


Canário-de-sobrancelha-amarela (Serinus scotops)


Foto: Alan Manson - 2007_10_14 15_13_39 Forest Canary

Canário-de-sobrancelha-amarela (Serinus scotops) é uma espécie de ave da família Fringillidae. Pode ser encontrada nos seguintes países: África do Sul e Essuatíni. Os seus habitats naturais são: florestas subtropicais ou tropicais húmidas de baixa altitude e regiões subtropicais ou tropicais húmidas de alta altitude.


Canário-cinza-de-sobrancelhas-brancas (Serinus reichardi)


Foto: Lip Kee from Singapore, Republic of Singapore - Reichard's Seedeater ( Serinus reichardi)


Canário-cinza-de-sobrancelhas-brancas (Serinus reichardi) é uma espécie de ave da família Fringillidae. Pode ser encontrada nos seguintes países: Burundi, República Democrática do Congo, Etiópia, Quénia, Malawi, Moçambique, Sudão, Tanzânia, Zâmbia e Zimbabwe. Os seus habitats naturais são: savanas áridas.


Leia tambem:


Canário-cinza-de-cabeça-branca (Serinus tristriatus)


Foto: Alastair Rae from London, United Kingdom - Brown-rumped Seedeater Uploaded by Snowmanradio


Canário-cinza-de-cabeça-branca (Serinus tristriatus) é uma espécie de ave da família Fringillidae. Pode ser encontrada nos seguintes países: Eritreia, Etiópia e Somália. Os seus habitats naturais são: florestas temperadas e matagal árido tropical ou subtropical.


Canário-malhado (Serinus striolatus)


Foto: Tom Tarrant - Obra do próprio


Canário-malhado (Serinus striolatus) é uma espécie de fringilídeos da família Fringillidae. Pode ser encontrada nos seguintes países: Burundi, República Democrática do Congo, Eritreia, Etiópia, Quénia, Ruanda, Sudão, Tanzânia, Uganda e Zâmbia.


Leia também:


Canário-de-coleira Salvadori's Serin (Serinus xantholaemus)


Foto: Allan Drewitt - https://www.flickr.com/photos/31003918@N05/5558890383/in/photostream

Canário-de-coleira Salvadori's Serin (Serinus xantholaemus) é uma espécie de ave da família Fringillidae. Apenas pode ser encontrada na Etiópia. Os seus habitats naturais são: florestas secas tropicais ou subtropicais e matagal tropical ou subtropical de alta altitude. Está ameaçada por perda de habitat.

Comentários