A cobra brilhante

Esta bela serpente tem esse nome devido a suas escamas serem darem um brilho intenso.


Fonte da imagem: Wikipedia.



✅ Canal no Youtube | Inscreva-se AGORA ✅


Nome científico: Arizona elegans

Tamanho médio: 1,50 m

Habitat: pastagens, cerrados, matas abertas e desertos

Distribuição: EUA, México.

Alimentação: mamíferos pequenos, cobras e lagartos.

Reprodução: oivípara, até 20 ovos.


A cobra brilhante é uma espécie de cobra colubrida de tamanho médio, comumente referida como a cobra brilhante ou a cobra desbotada, que é endêmica do sudoeste dos Estados Unidos e do México. Possui várias subespécies. Alguns recomendaram que A. elegans occidentalis recebesse o status de espécie completa.


Características gerais da cobra brilhante


A cobra brilhante e suas muitas subespécies são semelhantes na aparência às cobras gopher. No entanto, eles são menores do que as cobras gopher, com cabeças estreitas e pontudas e uma variedade de padrões de pele e cores. Eles aparecem "desbotadas" ou pálidas, daí o nome comum, "cobras desbotadas". A maioria das subespécies medem cerca de 75–130 cm de comprimento total. O comprimento total máximo registrado para a espécie é 142 cm. Eles são tons de bronzeado, marrom e cinza com padrões manchados em sua pele lisa e brilhante e uma superfície ventral não marcada de cor creme ou branca. A coloração geralmente varia em relação à cor do solo no habitat nativo de uma cobra.


Eles são venenosas,  são predadoras noturnas de pequenos lagartos . Eles também são encontrados às vezes em sótãos a procura de presas.


Reprodução


Essas cobras são são ovíparas . Os adultos se reproduzem no final da primavera e no início do verão. As ninhadas têm em média de 10 a 20 ovos . Os ovos eclodem no início do verão e os filhotes recém-eclodidos têm aproximadamente 25 cm de comprimento total.

Comentários