A aranha tecedeira oriental

Muitas aranhas dão medo, mas essa pode dar mais um pouquinho. E se você tiver aracnofobia, então melhor sair correndo.


Fonte: Wikipedia/Author Bignoter

✅ Canal no Youtube | Inscreva-se AGORA ✅


https://www.youtube.com/channel/UCdjF1j_jYXGznBq955YWDoQ


Esta aranha tece uma teia complicada que às vezes se une a outras teias próximas. Pendura-se de cabeça para baixo no centro da teia. A carapaça da fêmea é cinza-clara e as patas, de cor marrom-claro, podem ter listras vermelhas ou marrons. O abdome pode ser branco ou amarelo, enfeitado com marcas pretas. Há duas destacadas pontas escuras perto da parte anterior do abdome. O macho é pequeno e de coloração marrom clara.


Leia também:


Distribuição e habitat


Conhecida cientificamente como Cyrtophora moluccensis, essas aranhas são nativas da Índia, Japão, Indonésia, Papua Nova Guiné, Austrália, Fiji e Tonga. É frequentemente encontrado em habitats perturbados ou abertos de costas a florestas e interiores montanhosos.


Teia da tecedeira oriental


As teias construídas pela tecedeira oriental são diferentes das teias típicas construídas por outras espécies da sua família. Ela é construída horizontalmente com uma cúpula de malha fina ou forma de tigela, daí o nome "teia de aranha em cúpula". A espiral não pegajosa é deixada intacta e as teias não têm uma espiral pegajosa. Um estudo de 1980 sugere que este tipo de teia deriva da teia orbital típica e não o contrário. Essas teias são duráveis, às vezes durando várias semanas, então não precisam ser refeitas todos os dias como as teias da maioria das aranhas.


As teias podem ser solitárias ou de colônias, embora mesmo em grupos, cada teia seja defendida por seu dono. Os grupos coloniais podem cobrir uma área de quinze metros quadrados e incluir mais de quatrocentos indivíduos, incluindo cinquenta adultos. As aranhas jovens frequentemente constroem seus ninhos no espaço do de seus pais. Também se sabe que teias da tecedeira oriental hospedam Argyrodes miniaceus ou aranhas jovens de outras espécies.


Leia também:

Comentários